Você sabe como organizar seu currículo?

A especialista em Recursos Humanos e Master Coach em Carreira, Ana Cláudia Pereira, explica como organizar bem o currículo e o que você não deve colocar, como: título “currículo vitae” ou “currículo”, pronomes pessoais e pretensão salarial.

Desde o momento em que você envia o currículo para uma vaga, já está competindo diretamente com muitos outros candidatos e, para se diferenciar, é importante permitir que o recrutador encontre com facilidade exatamente àquilo que ele precisa saber sobre você.

Ter um bom currículo é um dos primeiros passos para encontrar um emprego, mas nem todos se atentam para essa questão. Segundo a Master Coach em Carreira, especialista em Recursos Humanos e Coordenadora da Qualidade do Ensino da Faculdade Cambury, Ana Cláudia Pereira, a organização do currículo é um fator fundamental na hora da seleção, ter o currículo visualmente organizado já faz com que você saia em vantagem em relação outros candidatos. “O início do currículo deve apresentar o profissional, com nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, região, telefone (celular, residencial ou para recados) e e-mail. Não é preciso informar o CEP, nem número de documentos,” afirma a Master Coach.

Provavelmente você nem imagina, mas talvez seu currículo já tenha sido descartado de alguma seleção de emprego unicamente por causa da aparência e do excesso (ou falta) de informações apresentadas. Ter experiência e estudos é importante, mas não saber como apresentá-los pode te colocar em desvantagem.

Para te ajudar, a especialista em Recursos Humanos cita o que você deve evitar na hora de organizar o currículo. “Você não deve colocar números de documentos, título “currículo vitae” ou “currículo, pronomes pessoais (ao invés de colocar “eu desenvolvi um projeto” substitua por “desenvolvimento de projeto”), nome de pais, marido ou esposa e filhos, data e assinatura, motivo de saída de empregos anteriores, e pretensão salarial. “As referências e a foto você só deve colocar se forem solicitadas”. Explica Ana Cláudia.

Ana Cláudia Pereira- Master Coach em Carreira, Especialista em Recursos Humanos e Coordenadora da Qualidade do Ensino da Faculdade Cambury.

Busca o primeiro emprego e ainda não tem experiência?

A Master Coach em carreira, explica o que colocar no currículo de quem ainda não tem experiência profissional para buscar o primeiro emprego, ou estágio. “As experiências obtidas na Faculdade com os projetos, as premiações recebidas como aluno destaque, representante de turmas se for o caso e participação em atividades voluntárias. Aqui Faculdade Cambury, tem uma Metodologia de Ensino baseada na Prática. Desde o primeiro período o aluno é instigado através da PCA (Prática Cambury de Aprendizagem) a obter conhecimentos teóricos e práticos relacionados a uma profissão prevista na matriz curricular de seu curso. Ele recebe uma certificação validando o conhecimento obtido. Esta certificação, por exemplo, deve constar no seu currículo,” conclui a especialista.

 

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS É NA CAMBURY!