Setor de beleza masculina cresceu 2,4%

Cerca de 43% dos homens brasileiros se consideram supervaidosos e querem mais produtos dedicados a eles. As afirmações foram constatadas no levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Qualibest, a pedido da da Abihpec (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos). A categoria de higiene e beleza masculina cresceu 2,4% em 2015, representando mais de R$ 21 milhões do faturamento total do setor, aponta dados da associação.

A categoria representou mais de R$ 21 milhões do faturamento total do setor, aponta Abihpec

“Hoje em dia os homens têm uma série de produtos dedicados ao cuidado do cabelo, da barba e da pele. Temos certeza que este é um segmento com alta capacidade de expansão, pois ainda temos muitos tipos de produtos para explorar” afirmou Daniel Oliveira, gerente de Inteligência de Mercado da Abihpec. “Nos últimos cinco anos o segmento de produtos masculinos cresceu 16% e este mercado posiciona-se como o segundo maior consumidor do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos” comentou Oliveira.

Entre as curiosidades apontadas pelo levantamento sobre os hábitos de consumo dos homens brasileiros a pesquisa também apontou que, apesar do aumento da procura por produtos especializados, eles ainda não estão satisfeitos com os itens disponíveis no mercado e buscam por mais opções de produtos para o cuidado com a barba, maquiagens com efeito corretivo e cremes depilatórios para o corpo.

“A indústria brasileira de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos está atenta à demanda do mercado e segue investindo em inovação para este segmento. Temos certeza que os homens têm o mesmo potencial de consumo que as mulheres e vamos trabalhar para entregar produtos que atendam as expectativas deste público” finalizou João Carlos Basilio, presidente executivo da Abihpec.

 

Fonte: Carreira Beauty