Quanto ganha um designer de produtos

Os cursos superiores de design de produtos geralmente oferecem bases teóricas e práticas. Disciplinas como história do design, história da arte, metodologia visual, introdução ao design, sociologia do consumo, psicologia do consumidor e empreendedorismo fazem parte da formação, bem como aquelas que envolvem colocar a mão na massa, como desenho artístico e técnico, computação gráfica, design de produto, ergonomia e processos criativos.

O tecnólogo em Design de Produtos acumula funções como projetar produtos industriais (móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, objetos pessoais e equipamentos de saúde, de segurança e de transporte), produzir criações integradas aos sistemas de fabricação, produção e viabilidade técnica com o uso de materiais adequados.

O formado ainda desenha, representa e expressa o projeto de produto de forma bi e tridimensional, bem como elabora modelos volumétricos, reduzidos e protótipos com uso de técnicas diferenciadas de expressão gráfica. Ainda é possível que o profissional fique responsável por especificar equipamentos para projetos de produtos, avaliar e emitir parecer técnico em sua área de formação.

HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

O perfil profissional do indivíduo que quer ingressar em um curso tecnológico de Design de Produtos precisa ser composto por habilidades como o domínio de programas gráficos, bem como ser multitarefa, sabendo lidar com vários projetos ao mesmo tempo. Nos tempos atuais de busca pelo maior índice de produtividade, o tecnólogo precisa conseguir trabalhar sob pressão e com prazos.

OPORTUNIDADES DE EMPREGO

A maior parte dos designers de produtos trabalha em escritórios de design e fábricas. Muitos atuam também de forma autônoma, vivendo de freelas e desenvolvendo projetos por conta própria para seus clientes.

O designer de produtos pode atuar em pequenas, médias ou grandes empresas, concentrando seu serviço no planejamento, no projeto, no desenvolvimento ou na gestão dos produtos. Além disso, é possível também se dedicar à carreira acadêmica.

Os principais campos de atuação no mercado de trabalho para designer de produtos são:

– Escritórios de Design;

– Estúdios de Design;

– Laboratórios de Design;

– Oficinas de Modelos e Protótipos;

– Setores de Design em Indústrias e outros locais.

SALÁRIO

O salário médio para Designer de Produto é de R$ 4.491/mensal. O salário pode variar de R$ 969 a R$ 25.000.

Fontes:

Educa Mais Brasil

Love Mondays

Programa Orienta
Conheça o Curso

Conheça o programa exclusivo da Cambury EPF – Estude agora e pague depois de Formado, Clique no banner