O que o coaching pode fazer por você?

Respondido por Henri Fernandes Cardim, especialista em gestão de pessoas

Todo mundo já passou por momentos em que é necessário tomar decisões complicadas e encarar diversos tipos de mudanças. Sentir-se inseguro nesta hora pode te levar a cometer erros e comprometer a sua empresa. É aí que um coach pode ajudar.

A consultoria ou o profissional que dá o coaching pode ser contratado por diferentes motivos, como acelerar a capacitação dos profissionais que trabalham na empresa, mudança de segmento, aumento de concorrência, crescimento rápido do negócio, queda de lucratividade ou produção, desmotivação de equipes, necessidade de reestruturação, dificuldade de mudança de fase ou sucessão empresarial.

Além de treinar e orientar, o processo pode ajudar na definição de metas, apresentando possíveis maneiras de cumpri-las. É impossível fazer um coaching enlatado, ele deve ser personalizado, focado no indivíduo, seja ele o empreendedor ou seu colaborador.

Primeiramente é necessário saber se ambos – o consultor e o contratante – têm empatia. Também é preciso entender a necessidade do profissional, distinguir onde ele quer chegar e até onde ele pode ir, estabelecendo as metas que deverão ser entegues ao final do processo.

O coach deve ajudar o empresário a desenvolver suas capacidades e competências de forma mais rápida e eficiente, tornando-o mais maduro e comprometido e gerando melhores resultados.

Testes e questionários serão aplicados para identificar o perfil do cliente e quais as ferramentas que faltam para atingir seu objetivo. Se ele é desorganizado, o trabalho será na agenda. Se for inseguro, será na tomada de decisões. No caso de uma liderança mais tímida, o coaching vai fazer com que o medo de falar desapareça. Isso acontece porque o sucesso é diferente para cada pessoa.

Com o perfil traçado e as metas definidas, conseguimos atingir o objetivo. Depois disso, o cliente deve passar de um a três meses para ver se precisa ou não continuar o coaching, pois esse processo deve ser finito já que a competência de um bom coach é ensinar o profissional a pensar de forma objetiva e com a própria cabeça.

Henri Fernandes Cardim é consultor de negócios, professor universitário e está à frente da HFC Consultoria & Treinamento. 
20403727_2044576668901084_910408319_n