Curso tecnológico ou tradicional?

Descubra qual é a melhor opção para você

Por Carolina Vellei

As principais diferenças entre os cursos tradicionais e cursos tecnológicos são referentes à duração de cada um e ao foco da graduação. Nos cursos superiores tradicionais, a duração é de 4 a 5 anos e os alunos obtêm o diploma de bacharelado ou de licenciatura. Além disso, as áreas estudadas são amplas. Já o curso tecnológico tem duração de 2 a 3 anos e apresenta três características essenciais:

  1. É um curso com foco específico. Enquanto um curso tradicional oferece, por exemplo, uma graduação em Biologia, o tecnológico oferece em áreas mais características, como silvicultura ou meio ambiente.
  2. A pesquisa é focada em avanços tecnológicos. Nos cursos tradicionais o objetivo é adensar a produção de conhecimento da humanidade, que não precisa necessariamente ter uma aplicação prática imediata. Já nos cursos tecnológicos, o foco é na inovação e nas necessidades da sociedade.
  3. É atrelada ao setor produtivo. Dependendo do perfil de uma região, cursos tecnológicos diferentes poderão ser oferecidos para suprir as necessidades do mercado. Por exemplo, próximo a áreas com montadoras de carros pode haver cursos com foco em eletrônica automotiva.

 

Por ser um curso mais focado em aplicações práticas, a inserção no mercado tende a ser mais rápida. No entanto, quem opta por esse tipo de graduação tem áreas de atuação mais limitadas, em comparação ao curso tradicional que, por ser mais abrangente dura de quatro a cinco anos.

Se o estudante já tem uma atividade específica em mente, ele será mais feliz se já estuda-la diretamente. Mas se o aluno ainda não sabe muito bem que área seguir, ele pode entrar em uma graduação tradicional e definir o foco com o tempo.

Aqui na Faculdade Cambury oferecemos os seguintes cursos tecnológicos:

 

Aprenda fazendo na Faculdade Cambury e saia com uma profissão!

 

Fonte: Guia do Estudante