A Escola de Psicologia da Faculdade Cambury realizou o I Fórum Cambury Abordagens da Psicologia e o I Fórum Cambury Psicologia Organizacional do trabalho, no Centro de Convivência da Faculdade Cambury

No primeiro dia do evento, 16/10, a comunidade acadêmica participou de discussões sobre as diversas abordagens da psicologia, dentre elas a Logoterapia, Terapia Brainspotting, O manejo dentro da abordagem EMDR, O ato de acolher no ambiente terapêutico, A técnica Mildfulness: eficácia na prevenção e tratamento de ansiedade e depressão, Casos clínicos em avaliação neuropsicológica e Caso clínico com ênfase na Psicanálise.

A missão do fórum é engajar estudantes e profissionais de psicologia no estado de Goiás na discussão de questões fundamentais para a transformação da saúde mental e desenvolvimento de um método sustentável, tais como: saúde mental no trabalho, gestão, experiência do paciente, abordagens psicoterapêuticas, transformação digital, equidade em saúde, entre outros.

Foi pensado e projetado para demonstrar e assegurar flexibilidade na formação do psicólogo, capacitando-o a atrelar as transformações da Psicologia com as demandas sociais e do mercado de trabalho. Para o chefe da Escola de Psicologia, Julio Cesar Alves, é importante trazer profissionais para compartilhar a experiência profissional com os alunos, dentro do ambiente acadêmico. “Eles têm a oportunidade de ampliar os conhecimentos a cerca das abordagens da psicologia, que são abordagens contemporâneas, a psicologia vem crescendo nos últimos anos e trouxe com isso inovações. Nos saímos da teoria e partimos para a prática. A Faculdade Cambury tem se preocupado com isso, esse vento é voltado para a formação do aluno de psicologia, quando ele veicula a prática com aquilo que aprendeu em sala de aula”, comenta Julio Cesar.

Chefe da Escola de Psicologia- Julio Cesar Alves

De acordo com o a aluna do curso de psicologia, Sara Viana, a faculdade oferece uma excelente oportunidade de ter contado com profissionais e diversas abordagens dentro da psicologia. “Estou gostando muito, essas abordagens de diversas áreas fazem com que a gente  enriqueça nossa formação e tenha acesso a novos conteúdos, além dos conteúdos teóricos que a gente aprende na sala de aula”, destaca Sara, ao acrescentar ainda sobre a importância de ter o contato com profissionais renomados na área de formação. “É muito importante uma vez que a gente consegue ter um networking com esses profissionais, além do conhecimento, a gente entende como é essa vivencia na prática, então consegue fazer contatos, caso já comece o estágio”, conclui.

Alunos de Psicologia- Comissão organizadora

O curso de psicologia da Faculdade Cambury aborda diversas correntes da psicologia e introduz o aluno em várias áreas, como psicologia social, organizacional, escolar, entre outras. A primeira certificação do curso é em Analista em Avaliação Neuropsicológica, o palestrante, Murilo Henrique Mendes França, especialista em Neuropsicologia, falou sobre “Casos Clínicos em Avaliação Neuropsicológica”, para reforçar os conhecimentos dos alunos sobre o assunto. “É um evento importante, porque contribui para trazer o aluno mais próximo da prática, então aqui eles têm contato com profissionais que estão atuando dentro das suas áreas”, comenta o especialista, ao elogiar o modelo de ensino da Cambury. “Eu acredito que esse modelo de ensino que foca em determinados temas, é muito importante porque o aluno vai sair mais preparado para o mercado de trabalho, porque o aluno ver muito de pouca coisa, é melhor se concentrar em algumas áreas, porque ai ele vai sair mais preparado para atuar em lugares específicos,  sabe? Não formar tantos generalistas, igual acostuma ser o ensino tradicional nas faculdades”, conclui.

I Fórum Cambury Psicologia Organizacional do Trabalho

No segundo dia de evento, 17/10, os alunos tiveram a oportunidade de ouvir especialistas nos seguintes temas: “Impactos da Inovação na Gestão de Pessoas”, “Inovar é preciso, sentir é fundamental”, “Saúde Mental e trabalho: um resgate da subjetividade e People Analytics em processos eletivos”.

A Psicologia Organizacional do Trabalho se ocupa das pessoas no ambiente de trabalho, visando auxiliar as organizações a obterem o melhor de seus recursos humanos, assim como a cuidar do bem-estar e saúde mental destes. Compreende e intervém em relação a fenômenos e processos relativos ao mundo do trabalho e das organizações.

Para a palestrante, Kátia Barbosa Macedo, pesquisadora convidada da Universidade Estadual de Campinas, a principal função do psicólogo dentro da empresa é prevenir adoecimento mental. “É um tema super atual, a saúde mental sendo afetada pelas relações de trabalho e, pelo não trabalho também. É  preciso ter esse cuidado dentro das empresas, os dados de adoecimento mental são muito altos, e a equipe de gestão de pessoa é fundamental na prevenção desse adoecimento”, comenta a Kátia ao frisar a importância de falar disso para a comunidade acadêmica. “Nós que estudamos, fazemos pesquisas, publicamos, somos professores, queremos mostrar aos nossos alunos, futuros profissionais a importância desse compromisso nosso com a promoção da saúde e da qualidade de vida no trabalho, porque se nós não tivermos um posicionamento assim, sem perceber a gente pode estar contribuindo para o adoecimento dos trabalhadores”, conclui a professora.

A palestrante Fabrícia Damacena, Diretora de Empregabilidade da ABRH-GO, falou sobre Inovar é preciso, sentir é fundamental. “É um tema que eu acho muito pertinente nos dias de hoje, né? Nós estamos numa era do RH 4.0, muito voltada para tecnologia, para inovação, um mundo da internet e, as redes estão aí para mostrar isso. É importante falar de inovação, mas sem deixar de perceber o lado humano, de se colocar no lugar do outro, e saber que por traz de uma produtividade excelente existe uma pessoa que tem suas prioridades e sentimentos”, conclui Fabrícia.

Fotos: Sara Mendonça – Veja a galeria

PSICOLOGIA É NA CAMBURY!